As Palavras Fugiram: Contos de Quinta #02
Hoje o 'conto' é um poema, cliquem no banner para serem redirecionados para o blog do Kallebe.
Adoro as poesias dele, e vocês, o que acharam? 

Meus olhos se vêem as cinzas
A escuridão e a fumaça
Meu corpo sente a poluição
E todos sentem a desgraça

Alguns se preocupam mais com seus bolsos que sua saúde
O egoísmo destrói seus laços
Os iludem
E quanto mais o tempo passa
Mais a miragem aumenta

Eu não preciso de profecia
Eu não preciso de mais previsões
Só quero que sejam executadas as soluções

Perdido na cidade de pedra
Desiludido na cidade de pedra
Só sou mais um em queda
Tentando me confortar

Eu sou o ontem, o hoje e o amanhã
Eu sou a causa do ontem, do hoje e do amanhã
Eu sou mais um perdido precisando deitar em um divã
Eu sou a solução do ontem, hoje para o amanhã.

0 Comentários:

Menu

Siga o blog

Follow As Palavras Fugiram

Ultimas Resenhas



Skoob

Receba a newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Blogs Parceiros

my dear library


Mais parceiros >>

Editoras Parceiras

Eu participo...

Classificação

Não perca seu tempo

É mais ou menos

Bom

Muito bom!!

Leitura obrigatória ;D

Seguidores