As Palavras Fugiram: Resenha: Corações de Neve - Raphael Draccon

Saga: Dragões de Éter v.2
ISBN: 9788562936012
Páginas: 495
Editora: Leya
Ano: 2010
Avaliação:

Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de Fadas-Amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga.
Hoje, Arzallum, o Maior dos Reinos, tem um novo Rei, e a esperada Era Nova se inicia.
Entretanto, coisas estranhas continuam a acontecer...
E a Tecnologia do Oriente chega de maneira devastadora ao Grande Paço, dando inicio a um processo que irá unir ciência e magia, modificando todo o conhecimento científico que o Ocidente imaginava possuir.
E mudará o mundo. Mais uma vez


Cuidado: Spoilers para quem não leu o primeiro livro.


Por um acaso já imaginou um príncipe participar de um torneio de pugilismo? Axel Terra Branford, ultimo príncipe de Arzallum, já participou.

Já conseguiu imaginar um revolucionário que deveria ficar preso pelo resto de sua vida receber anistia de um Rei? Bom, Robert de Locksley obteve, mas não contentou-se com a liberdade e continuou a buscar a independência de Sherwood, província onde, na juventude, ficou conhecido como Robin Hood e buscava tirar dos ricos para dar aos pobres.

Se não bastasse um torneio de pugilismo e um revolucionário a solta, temos ainda um filho que precisa defender a honra da família que fora manchada pelo pai ao fazer um contrato com um conde ligado á magia negra.

Mas se acha que toda essa frieza não lhe foi suficiente para gelar-lhe o coração, você conseguiria ver um rei ser envenenado e ainda assim acreditar que a princesa, sua filha, deverá assumir Stallia, o reino da neve, onde Robert de Locksley está à solta preparando uma revolução em um de seus condados?

Mesmo que isso ainda não tenha sido suficiente para assustar-lhe, conseguiria acreditar que Branca coração-de-neve, princesa de Stallia, e filha do envenenado rei Alonso, além de ter que assumir o reino de seu pai também irá se tornar a Rainha de Arzallum, o maior dos Reinos, ao se casar com o novo Maior dos Reis, Anísio Terra Branford?

Pugilismo, mentiras dentro de famílias, revolucionários a solta, reis envenenados não são o suficiente para abalar Nova Ether, pois ainda há a chegada de uma máquina voadora, vinda de terras-além-mar, com criaturas jamais vistas em Arzallum ou em todo o Ocidente e a iminência de uma gigantesca Guerra Mundial e o ressurgimento dos, já prometido pelo falecido Rei Primo, Cavaleiros de Helsing. Verdadeiros Caçadores de Bruxas.

Tudo isso adicionado a narração de um bardo jamais visto na história, como Raphael Draccon, e você terá a história mais envolvente e reveladora já vista por nós e presenciada pelos Nova-eterianos.


Resenha por Octávio Henrique

2 Comentários:

Menu

Siga o blog

Follow As Palavras Fugiram

Ultimas Resenhas



Skoob

Receba a newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Blogs Parceiros

my dear library


Mais parceiros >>

Editoras Parceiras

Eu participo...

Classificação

Não perca seu tempo

É mais ou menos

Bom

Muito bom!!

Leitura obrigatória ;D

Seguidores