As Palavras Fugiram: Resenha: O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard

Título Original: Gabriel's Inferno
Saga: Inferno de Gabriel #01
ISBN: 9788580411263
Páginas: 512
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Clasificação Indicativa +18
Avaliação:
Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.
O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados.
Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer.
Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.


Preciso começar a resenha dizendo que a história me surpreendeu, e muito. Não estava esperando muito do livro, achei que seria apenas mais um na onda dos eróticos, mas O Inferno de Gabriel foi uma feliz surpresa.

Gostei do livro primeiramente por sua escrita, o narrador foi bem construído não se focando em uma pessoa só, ou seja, não foi narrado por um personagem (que usa primeira pessoa): o livro tem um narrador onisciente (que usa a terceira pessoa e permite o uso de primeira para explicar sentimentos).
Gostei muito de ser assim, pois afinal não ficamos presos nas preocupações da mocinha ou nos tormentos do mocinho, temos um pouco dos dois lados, temos um pouco de todos os personagens para falar a verdade.

A história em sim também me agradou, tenho sempre a sensação que livros deste genero são muito fúteis, sem história e apenas pelas partes eróticas, mas não OIdG. Este livro tem coisas sensuais sim mas tem uma história também. O passado dos personagens é bem construido e todas as coisas que acontecem têm um motivo. Sem contar com partes muito engraçadas que vão arrancar algumas risadas de qualquer um.
Juro que desta vez existe uma boa razão para a mocinha ser casta e o homem ser rico, existe até um motivo bom para ele exbanjar o dinheiro sem ser um simples “porque posso”.

Também adorei as citações e bases em obras famosas (tanto de livros quanto obras de arte). Em primeiro lugar a história inteira gira em torno da Divina Comédia de Dante Alighieri, especialmente no amor de Beatriz e Dante, mas a todo o momento são citados elementos culturais como comparativo: Caim e Abel, Psiqué e Cupido, a musa de Botticelli e o simbolismo do quadro A Volta do Filho Pródigo de Rembrand entre tantos outros. Também temos citações em outros idiomas muito cativantes, e alguns palavrões em alemão.

Desceria ao Inferno e o procuraria até encontrá-lo. Arrombaria os portões e o traria de volta. Seria como Sam para Frodo e o seguiria até as entranhas da Montanha da Perdição.

Os personagens vão evoluíndo muito ao longo da história (e um deles evolui bastante!), talvez até em mudanças um pouco bruscas demais, mas fazer o quê é o amor, que mexe com a minha cabeça ♪(ok, parei kkkk).

Resumindo tudo, achei o livro muito inteligente. Tem seus clichês inegáveis, como qualquer outro romance, mas nada exagerado (apenas talvez o fato dela ser desastrada, que virou praticamente icone em livros assim [mas não, ela nunca cai de cara no chão]).

Recomento o livro apenas aos maiores de 18 anos (é um livro erótico, não é presente para a sobrinha de 15 anos porque “agora ela já é mocinha”, por favor). E se você está com medo de ler por achar que está na mesma linha de 50 Tons garanto que não poderia ser mais diferente. Este livro não é sadomasoquista e trata sobre uma relação mais afetuosa, não se preocupem. O livro vai ter uma continuação - O Julgamento de Gabriel - vai sair ainda este ano também pela editora Arqueiro.

1 Comentários:

Menu

Siga o blog

Follow As Palavras Fugiram

Ultimas Resenhas



Skoob

Receba a newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Blogs Parceiros

my dear library


Mais parceiros >>

Editoras Parceiras

Eu participo...

Classificação

Não perca seu tempo

É mais ou menos

Bom

Muito bom!!

Leitura obrigatória ;D

Seguidores